Waldez Ludwig e a melhoria do cocô

Assisti os três vídeos abaixo no site Oficina de Gerência, do amigo blogueiro Herbert Drummond, e não podia de jeito nenhum deixar de trazê-los para cá.

Waldez Ludwig é brilhante no que se propôs a fazer: Dar palestras sobre as tendências da administração, onde ele foca dois pontos principais – a qualidade e o perfil profissional. Como o Herbert, também não assisti nenhuma palestra dele ainda, mas pelo show que ele dá nesta entrevista ao Jô Soares pode-se ter uma idéia de que é muito bom!!!

Ao pessoal da Gestão da Qualidade,  atenção ao trecho (na segunda parte) por volta dos 7 minutos. Ele fala sobre a melhoria do cocô, uma analogia hilária sobre o erro em aplicar os conceitos da Qualidade e a ISO 9001 de forma equivocada, o que infelizmente acontece muito… Se não puder assistir tudo, veja ao menos o segundo vídeo.

E de quebra, veja também alguns slides que ele utiliza nas palestras.

Slide Valdez

4 thoughts on “Waldez Ludwig e a melhoria do cocô

  1. Muito bom!Essas empresas certificadas que usam o SGQ para visar somente o lucro imediato sem antes ter uma estrategia e pessoas competentes para isso muitas vezes vao cair do cavalo!Otima entrevista,principalmente pelo bom humor!Parabens por mais um excelente post Ronaldo!
    —————————
    Exato, Marcos! A analogia do Waldez é engraçada mas serve de alerta, principalmente para quem está pensando em buscar a certificação. Não adianta certificar o SGQ e continuar a produzir… cocô!

  2. A mais de 10 anos Ludwig proferiu palestra em uma grande empresa no sul do pais com atuação na área de cerâmica, onde fez menção a filosofia do cocô e a ISO 9000. Foi o estopim para a direção abandonar o modelo ISO. Passando este tempo a empresa continua da mesma forma, ou seja, os mesmos problemas e dificuldade no mercado. Pelo que percebo, o seu discurso do cocô continua o mesmo. É um forma muito simplista de dar discurso usando chavões do MOMENTO DA VERDADE com condimentos teatrais com efeitos da psicologia, sem efetivamente atacar causas. O problema não é a ISO, mas as pessoas que gerem e administram negócios.
    —————————————
    Realmente o problema não é a ISO, mas as pessoas… E a mensagem que o Sr. Ludwig passa é exatamente essa. A ISO 9001 não garante a qualidade do produto, essa é uma responsabilidade da organização. E nenhum palestrante ou consultor ataca as causas, apenas alerta sobre elas e mostra caminhos viáveis.
    A empresa que você cita tomou uma decisão radical e precipitada, tanto é que não conseguiu melhorar após desistir da ISO. O que deveriam ter feito é definir uma nova estratégia, usando inclusive o Sistema de Gestão da Qualidade a seu favor.

  3. Adorei a entrevista, Ludwing faze suas colocações de uma forma muito inteligente, com muito humor, com relação a melhoria do cocô ele se refere a maquiagem que fazem em cima de gestão que não querem inovar.

Deixe uma resposta